SEO para e-commerce – Por que é tão importante?

A aplicação das técnicas de SEO para e-commerce, é fundamental para que a sua loja virtual consiga exibir seus produtos em posições de destaque nas páginas de respostas do Google.

É sabido que o no âmbito do marketing digital, entre todas as suas dimensões, o tráfego quer tem como origem as páginas de respostas dos grandes motores de busca, como o Google e Bing, é o que apresenta a maior taxa de conversão.

Por isso, o SEO para lojas virtuais é tão importante no contexto de uma estratégia de marketing digital para e-commerce.

Quando você aplica as técnicas de SEO na estrutura da sua loja virtual, na descrição dos produtos, e na relação com outras dimensões do marketing online, a sua chance de conquistar boas posições no Google é infinitamente maior.

O que é SEO?

Antes de entrarmos em detalhes a respeito da aplicação das técnicas de SEO em lojas virtuais, vamos deixar claro o que vem a ser SEO.

A sigla SEO é a abreviação de Search Engine Optimization, ou seja, otimização de sites para mecanismos de busca, como o Google por exemplo.

O objetivo do trabalho de SEO é colocar as páginas de um site, blog ou loja virtual, em posições de destaque nas páginas de respostas dos principais buscadores, como o Google, por exemplo.

Para saber mais detalhes sobre esta dimensão do marketing digital, tão importante para o sucesso de um e-commerce, sugiro que você leia um artigo publicado anteriormente aqui em nosso blog, sob o título O Que é SEO.

SEO para E-commerce

Quais as vantagens do SEO para lojas virtuais?

Eu certamente poderia listar um sem número de vantagens da aplicação de técnicas e estratégias de SEO no comércio eletrônico, mas prefiro me concentrar naquelas que acredito serem as mais importantes, como por exemplo:

  • Redução de Custos – Quando você consegue colocar as páginas de detalhes de produtos do seu e-commerce entre as primeiras colocações do Google, na área de resultados orgânicos, não precisará investir em campanhas de Google Ads;
  • Tráfego Qualificado – Como as pessoas que fazem buscas no Google, pela pesquisa em si, já indicam que estão realmente interessadas em um determinado produto, os visitantes do seu site serão pessoas com elevado potencial de conversão;
  • Constância de Acessos – Como a listagem na área de resultados orgânicos não implica em pagamento algum, independentemente de investir ou não em links patrocinados, sua loja mantem um fluxo constante de acessos de marketing de busca.

Além destas vantagens existem diversas outras, que poderíamos elencar aqui, como por exemplo a credibilidade do site, uma vez que as pessoas acreditam que os sites colocados nas primeiras posições do Google são referências de mercado.

A divulgação de lojas virtuais através da aplicação de técnicas de SEO para e-commerce, é sem sombra de dúvida uma das melhores opções estratégicas em se tratando de marketing digital.

Melhores práticas de SEO para lojas virtuais

O SEO para e-commerce não é muito diferente do processo de otimização para outros tipos de sites, mas é claro que existem algumas técnicas específicas a serem aplicadas.

Vejamos então algumas destas etapas de SEO para e-commerce que você deverá prestar atenção.

1 – Criação do projeto de SEO para o seu e-commerce

Em qualquer projeto, seja ele o de SEO para e-commerce ou para um site de conteúdo, por exemplo, o primeiro passo é a criação de um projeto de SEO, para orientar as ações de otimização.

Em um projeto de SEO para e-commerce, primeiramente você deve hierarquizar os departamentos e seções da sua loja virtual, para que do ponto de vista de campo semântico, as páginas que serão linkadas a estas seções e departamentos, tenham uma relação direta.

SEO para Ecommerce

2 – Escolha das palavras-chave principais e de Long Tail

A primeira providência é selecionar quais serão as palavras-chave que você pretende destacar em termos de otimização. A seleção de palavras-chave deve obedecer ao funil de conversão que você estruturou em seu plano de marketing digital.

Definidas as principais palavras-chave, a segunda etapa é definir as palavras-chave de Long Tail, ou seja, aquelas mais específicas para cada produto da sua loja virtual.

Meu conselho é que você comece a trabalhar pelas palavras de Long Tail, as mais específicas, por serem mais fáceis de rankear, e possuem um potencial de conversão muito alto.

3 – Otimização dos fatores On Page

Selecionadas as palavras-chave, é hora de começarmos o processo de SEO On Page, ou seja, a otimização de elementos internos de cada uma das páginas de categorias e produtos da sua loja virtual.

No que diz respeito a otimização On Page em lojas virtuais, existem alguns pontos básicos que você deve prestar bastante atenção:

  • URLs Amigáveis – Certifique-se de criar URLs amigáveis, inserindo sempre a sua palavra-chave em foco, na estrutura da URL;
  • Headings – Outro ponto importante do SEO para e-commerce é o uso dos Headings, ou seja, títulos com H1, H2 e H3, organizando a apresentação dos seu produto;
  • Conteúdo Exclusivo – Certifique-se de criar uma descrição de produto exclusiva e original. Jamais copie e cole a descrição de produto do fornecedor;
  • Densidade da Palavra-Chave – Tente deixar a densidade da palavra-chave em torno de 1% do conteúdo de descrição do produto;
  • Tags de Ênfase – Outro detalhe importante no SEO para e-commerce é a inserção de tags de ênfase, negrito, itálico ou sublinhado na descrição do produto;
  • Imagem – Trabalhe sempre com imagens que tenhas a palavra-chave em foco, ou derivadas no próprio nome do arquivo de imagem, tipo palavra-chave.jpg.
  • Texto Alt – Sempre coloque a sua palavra-chave no atributo Alt da imagem, pois é considerado um fator se SEO On Page fundamental no SEO para e-commerce;
  • Vídeos – Caso seja possível, insira também um vídeo na página de descrição do produto, uma prática que aumentará a relevância da sua página;
  • Velocidade de Carga – Um fator importante não só no caso do SEO para e-commerce como para outros tipos de sites é a velocidade de carregamento da página;
  • Links Internos – Certifique-se de que em sua página de descrição de produtos, preferencialmente no conteúdo, existam links para outras páginas da sua loja;
  • Links Externos – Sempre que possível, insira links externos nas páginas de descrição de produtos, pois é outro fator relevante de SEO para lojas virtuais;

Estes parâmetros de SEO na descrição de produtos em lojas virtuais, se forem aplicados com a técnica adequada, darão certamente um grande impulso para colocar as suas páginas de detalhes de produtos em posições de destaque no Google.

Feito isso, vamos então a última etapa para a otimização de lojas virtuais para ferramentas de busca, que é o que chamamos de SEO Off Page.

4 – Otimização de fatores Off Page

Para completar a otimização da sua página de detalhe de produtos, vamos agora para a etapa de otimização dos fatores de SEO Off Page, através de técnicas de Link Building.

Nesta etapa do SEO para e-commerce, seu objetivo será conseguir links de relevância para as páginas da sua loja virtual, para gerar o que chamamos de popularidade para a página.

Repare que estamos falando aqui de qualidade de links e não de quantidade. O Google leva em consideração a qualidade das páginas que apontam para o seu site, e não a quantidade.

Para avaliar a qualidade destas páginas, um bom parâmetro é a Autoridade de Domínio das páginas onde estes links forem criados. Quanto maior melhor.

Talvez a sua dúvida agora seja onde conseguir, ou como conseguir estes links. Isso também não é problema. Algumas sugestões são:

  • Redes Sociais – O Google leva em consideração os links diretos recebidos de redes sociais como Facebook, Twitter e outras;
  • Blogs Especializados – Links de blogs especializados em áreas que envolvam os seus produtos são bons links para melhorar o seu posicionamento;
  • Diretórios – Alguns diretórios de produtos setoriais permitem que você insira links para as suas páginas de descrição de produtos.

É certo que conseguir bons links, tão importantes no trabalho de SEO para e-commerce, não é tarefa fácil, mas você poderá consegui-los através de parcerias e uma boa atividade nas mídias sociais.

SEO para lojas virtuais

5 – Ajustes finais

Por fim, depois de realizadas estas três etapas de SEO para e-commerce, você deverá verificar seu posicionamento nas páginas de respostas do Google, conhecidas tecnicamente como SERP, e fazer alguns ajustes se for o caso.

É o que chamamos de SEO On SERP, ou seja, otimização da apresentação das suas páginas nas listagens de resultados do Google.

Nesta etapa, vamos buscar não só estar listado na primeira página do Google, como também em uma apresentação destacada, nas categorias especias de Snippets de produtos do Google.

Para conseguir estas posições, aplicamos técnicas avançadas de SEO, principalmente no que diz respeito a imagens, onde trabalhamos os meta dados da própria imagem.

Como você pode ver, o SEO para e-commerce é uma ferramenta fundamental para colocar os produtos de sua loja virtual em destaque nas páginas de respostas do Google.

No SEO MasterClass, temos um módulo totalmente dedicado ao SEO para e-commerce, pois sabemos que esta é uma das dimensões do marketing digital mais econômica e de melhores resultados em termos de vendas.

Dá trabalho? Sim, mas o único lugar onde o sucesso vem, antes do trabalho é no dicionário. Para se manter em dia com técnicas de SEO para e-commerce, assine gratuitamente a nossa Newsletter.